Foto: Reprodução

Sete pessoas morreram em 2019 no Pará vítimas do vírus influenza, o mesmo que é combatido pela vacina que teve a campanha prorrogada e estendida esta semana. A partir desta segunda-feira (3) todos os paraenses podem ir aos postos de saúde receber a imunização e mesmo quem não faz parte dos grupos prioritários pode ser vacinado. São mais de 400 mil doses disponíveis.

Até o dia 31 de maio, apenas pessoas específicas como gestantes, crianças, idosos e pessoas que sofrem com doenças crônicas podiam ser vacinadas.

Entre esses grupos o índice de vacinação em alguns casos ainda está abaixo da meta e, por isso, a Secretária de Estado de Saúde do Pará (Sespa) reforça a convocação para que crianças de até seis anos, gestantes, indígenas, policiais e para que a população carcerária se vacine.

“Nessa prorrogação de campanha, nós voltamos a fazer um apelo para a toda a sociedade do Pará, para que compareça às unidades de saúde para tomar a vacina. O objetivo é que consigamos concluir o estoque de doses que nós temos disponíveis e se consiga diminuir o número de casos de gripe em todo o estado do Pará”, convida Alberto Beltrame, secretário de saúde da Sespa.

Fonte: G1PA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here