Após assembleia geral Rodoviários decidem entrar em greve

0
67
Imagem de Ônibus Brasil

Rodoviários de Belém acompanharam a decisão dos motoristas de ônibus de Ananindeua e Marituba, e anunciaram nesta quarta-feira (18) que irão entrar em greve a partir de 0 hora. A decisão foi tomada em assembleia geral da categoria. De acordo com os trabalhadores, a Setranbel não ofereceu nenhuma contraposta e não acatou a nenhum pedido de reajuste da categoria.

No início da noite desta quarta-feira, os rodoviários da capital se reuniram para debater as estratégias adotas na paralisação, já que há uma liminar expedida pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que determina que 80% da frota de ônibus circule na capital, mesmo em caso de paralisação, e ainda multa de R$ 20 mil por ônibus sem cobrador.

Após a reunião, o Sindicato dos Rodoviários informou que havia sido decidido como o sindicato agiria na greve, mas que a informação não podia ser repassada à imprensa. Disse ainda que a população só saberia se havaeria ônibus nas ruas na manhã desta quinta-feira (19).

Assim como em Ananindeua e Marituba, a categoria em Belém havia pedido 10% de reajuste salarial, R$ 700 em ticket alimentação e redução da carga horária de trabalho para seis horas diárias.

A Setransbel alega que os rodoviários de Belém, se grevarem, terão que pagar multa prevista pela liminar. ” A medida visa assegurar à população o direito de ir e vir, uma vez que o transporte é um serviço essencial”, afirma, em nota, a Setranbel.

Fonte: G1 Pará

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here