Liderança quilombola é morta a tiros

0
39
Imagem ilustrativa (Foto de Jornal de Brasilia)

Um quilombola, que já foi presidente da Associação dos Remanescentes do Quilombo do Alto Acará, foi morto a tiros na manhã deste domingo (15) na estrada que dá acesso à comunidade Turé III, no município de Acará, nordeste paraense. Segundo denúncias, a vítima já sofria ameaças.

De acordo com Paulo de Oliveira, presidente da Federação das Comunidades Quilombolas e Populações Tradicionais do Estado do Pará, a vítima – identificada como Nazildo dos Santos Brito – foi morto na estrada para a comunidade, quando voltava para casa.

Foto via Whatsapp

Nazildo foi presidente de associação de quilombolas e era considerado o líder da comunidade Turé III. Ele era casado e pai de duas garotas. As ameaças ao quilombola eram constantes e motivaram até denúncia ao Ministério dos Direitos Humanos, no último dia 29 de janeiro, segundo Paulo de Oliveira.

Fonte: DOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here